A Agência

A Página da Cultura é uma agência literária que atua no mercado editorial brasileiro desde 1994. Nosso papel é aproximar autor e editor e, por extensão, a obra e seu público.

Iniciamos as atividades com obras da literatura infanto-juvenil e, a partir de 1996, ampliamos nossa área de atuação com prosa de ficção para o público adulto, além de biografias e ensaios nas áreas de História, Psicologia e Política e, recentemente, Jornalismo de Aventura.

Da experiência adquirida ao longo desses anos, resultou uma visão apurada do potencial dos escritores que ainda estão fora do mercado editorial. Os autores já consagrados, por sua vez, têm avaliadas as melhores chances para seus originais.

Criação e publicação, duas fases distintas

O ato de escrever depende exclusivamente do autor, e pode durar até anos. Encerrada esta etapa, ele espera que sua obra encontre os leitores e, assim, o ciclo de criação se complete.

O autor sabe que, daí para a frente, nada mais depende apenas de seu próprio esforço, mas dos contatos que irá fazer, das exigências do mercado, do encontro com as pessoas certas no momento certo e de uma boa dose de paciência.

Mesmo os escritores consagrados, com títulos em mais de uma editora, sabem quanto tempo e o esforço são necessários para negociar e gerenciar contratos, como também para controlar o pagamento de direitos autorais.

O que faz a Página da Cultura?

A apresentação de um título ou de um autor para uma editora é apenas parte de um processo. O ponto de partida é a análise criteriosa do material entregue pelo autor, que tem um duplo objetivo: reconhecer as qualidades do texto e as possibilidades de publicação. É importante lembrar que cada editora determina o perfil de suas publicações e que, além disso, existem as tendências do mercado.

A Página da Cultura também representa no Brasil a austríaca Verlag Carl Ueberreuter.

A qualidade das relações é privilegiada em todas as etapas do processo.

O mercado editorial

Uma visão clara e atualizada de tudo o que diz respeito ao mercado é fundamental ao bom desempenho de uma agência literária — as linhas de atuação de cada editora, os lançamentos, os sucessos e insucessos, as tendências do mercado exterior, a experiência para perceber as boas oportunidades… Só assim é possível descobrir bons negócios para os clientes. Afinal, o sucesso dos autores está intimamente ligado ao sucesso das outras partes envolvidas no processo.

A mesma visão é indispensável quando se avalia o potencial de títulos de editoras estrangeiras que podem ser representados no Brasil.