A vida real de Madame Bovary!

por Ana Lou para Página da Cultura

Madame Bovary, um dos livros prediletos do nosso autor e colaborador Rafael Barioni, foi escrito pelo escrito francês Gustave Flaubert em 1857 e é considerado o primeiro grande romance Realista por retratar a sociedade burguesa do século XIX sem usar eufemismos, e sim mostrá-la como é, na sua realidade exata através da observação e da análise, fazendo críticas ferozes à religião e à moral da época.

Essas críticas inclusive levaram o autor a enfrentar diversos problemas com a justiça francesa por dar vida a uma jovem personagem pequeno – burguesa chamada Emma Bovary que vive um casamento enfadonho com um marido de pouca personalidade.

Motivada pela leitura constante de romances, a personagem se permite viver casos extraconjugais com dois amantes, embora tenha um marido muito apaixonado. Nem mesmo com o nascimento de sua filha, que traz muita alegria ao casal, ela consegue parar, levando a sua família à miséria.

Como o autor se posiciona durante todo o livro de forma indireta sugerimos que você o leia e tire suas próprias conclusões e depois, é claro, compartilhe conosco. Há também uma versão em filme, clique aqui.

Boa leitura ou bom filme!




*nome

*e-mail

site ou blog

comente a postagem :: tentativas de contato por comentário serão bloqueadas