Amor, amores: conquistas e armadilhas

Amor, amores: conquistas e armadilhas no século XX

Mary Del Priore
Casa do Saber Rio de Janeiro

Em toda a história do amor, o casamento e a sexualidade estiveram sob controle; controle da Igreja, da família, da comunidade. Só o sentimento, apesar de todos os constrangimentos, continuava livre. Podia-se obrigar um indivíduo a viver com alguém, a deitar com alguém, mas não a amar alguém. As coisas mudaram. Hoje, a grande ausência de desejo é que é a culpada. O casamento não é mais obrigatório e escapa às estratégias religiosas ou familiares; o divórcio não é mais vergonhoso e os cônjuges têm o mesmo tratamento perante a lei. A realização pessoal se coloca acima de tudo: recusamos a frustração e a culpabilização. Mas tudo isto são conquistas ou armadilhas? Os historiadores de amanhã dirão.

Início: 03 MAR
Duração: 4 encontros
Dias/horários: Quartas-Feiras, às 20h (03/03, 10/03, 17/03, 24/03)
Valor: R$ 160,00 na inscrição + 1 parcela de R$ 200,00
Tel.: (21) 2227-2237 222-SABER
Horário de funcionamento: segunda a sexta: 11h às 20h
E-mail: inforio@casadosaber.com.br




*nome

*e-mail

site ou blog

comente a postagem :: tentativas de contato por comentário serão bloqueadas