Ao final, eles me fizeram uma surpresa…

por Eduardo Garrafa

Neste ano de 2010 fui convidado por duas escolas para conversar com os alunos.

O Colégio Johann Gauss, situado na Granja Julieta em São Paulo, me convidou para participar da Semana do Livro no final de agosto. No dia 28 daquele mês, fiz uma visita aos alunos do sétimo ano que haviam lido meu segundo romance – A caixa de Fernão – e fui muito bem recebido pela coordenadora Cláudia, pela professora Soraia (português e literatura) e por todos os alunos. Foi uma experiência especial, gratificante e por quase uma hora e meia respondi a perguntas interessantes, sobre o livro e diversos assuntos. Considerei surpreendente que alguns deles já tivessem lido obras de autores renomados, em especial, de José Saramago. A professora Soraia fez inserções excelentes, enriquecendo a conversa que prendeu a atenção dos alunos. Ao final, eles me fizeram uma surpresa: me presentearam com a “A caixa de Eduardo Garrafa”, que tive de abrir ali mesmo e ler os vários desejos de boa sorte, e mais algumas perguntas dos alunos.

Em outubro foi a vez de visitar pelo quinto ano seguido o Centro Educacional Brandão (CEB), situado no bairro de Moema. As professoras Bana (responsável pela biblioteca) e Denise (português e literatura) sempre me recebem com muito carinho e consideram meu primeiro romance – Quando meu pai saiu de casa – muito especial como exemplo para os alunos de uma adolescente que amadurece durante um conflito entre seus pais, além de mostrar o belo exemplo de uma mulher forte (Ingrid, mãe da Gabriela, personagem principal). Sempre tive encontros muito enriquecedores com os alunos do CEB, principalmente por serem garotos e garotas esclarecidos, com senso crítico bem formado e por vezes contestadores, que querem ir mais a fundo discutindo as mensagens que procuro passar para eles.”




*nome

*e-mail

site ou blog

comente a postagem :: tentativas de contato por comentário serão bloqueadas