12. Como um autor deve se apresentar na Internet? Devo investir em site ou blog? E a febre do Twitter e do Orkut?

A Internet serve para divulgar seu trabalho e fazer contatos. Além disso, é muito comum que os leitores procurem por informações sobre autores ou livros na rede antes de comprá-los. Outras vezes, a web também pode servir como ferramenta para criação de obras; a narrativa transmídia vem conquistando seu espaço dentro do gênero literário e muitos autores usam a rede mundial de computadores para fazer as pesquisas necessárias durante a criação da obra.

No entanto, tanto essa pesquisa quanto a divulgação exigem cuidados. Nem todos os sites trazem dados confiáveis e muitos autores, na ânsia de ver seu trabalho publicado, acabam divulgando suas obras pela Internet e se arrependendo depois. Obras inéditas atraem mais o interesse tanto das editoras quanto dos próprios leitores. Outros autores divulgam obras prematuras pela rede, que podem acabar até afastando o público de textos futuros, mais maduros e coesos.

Os blogs e sites servem para os escritores se comunicarem com seu público mais fiel no intervalo entre uma obra e outra, mantendo a expectativa. Neles, também é possível divulgar eventos e lançar conteúdo exclusivo, para atrair novos leitores e promover um lançamento.

É possível publicar e atualizar blogs sem depender de ninguém. Isso é diferente nos sites, que são mais sofisticados e sofrem atualizações mais volumosas e com menor frequencia, dependendo de mão de obra especializada. Os sites costumam representar investimentos mais arrojados, adequados aos autores que já tenham uma obra consolidada. Muitos autores têm contratado profissionais para compor visuais personalizados para seus blogs, que podem fazer parte de um site ou até assumir o papel dele, por permitir atualizações independentes que, muitas vezes, são feitas pelo próprio autor.

O Orkut, Twitter e demais mídias sociais seguem a mesma orientação. Muitas delas complementam o trabalho de divulgação desenvolvido num blog ou site, cada qual com seu foco específico.

Sugestão da Página da Cultura para desenvolvimento de blog ou site: Bruno Cobbi.