Um bom começo

por Ana Lou para Página da Cultura

Perguntamos aos nossos autores o começo do livro que eles mais gostaram. Leia as respostas e boa leitura!

Airton Ortiz

O começo de livro que mais gosto é: “Ele era um velho que pescava sozinho em seu barco…”, de “O velho e o mar”, de Ernest Hemingway.

Claudia Matarazzo

O começo de livro que mais gosto é: os começos dos livros (O anjo pornográfico, Bilac vê estrelas, Carnaval no fogo, Chega de saudade, Ela é carioca, Estrela solitária, A onda que se ergueu no mar, O pai que era mãe, Saudades do Século 20) do Ruy Castro.

David Oscar Vaz

O começo de livro que mais gosto é… todas as famílias felizes se parecem entre si, as infelizes são infelizes cada qual à sua maneira, do livro Ana Karênina, de Leon Tolstoi.

Dora Lorch

O começo de livro que mais gosto é… Não nascemos pronto, Mário Sergio Cortela

Edson Aran

O começo de livro que mais gosto é: “Nós estávamos em algum ponto perto de Barstow, à beira do deserto, quando as drogas começaram a bater. Eu me lembro de ter dito alguma coisa como ‘Eu estou um pouco tonto; talvez seja melhor você dirigir…’ E de repente comecei a escutar sons horríveis, e o céu estava cheio de coisas que pareciam morcegos enormes, uivando e mergulhando em direção ao carro, que estava a 160 por hora em direção a Las Vegas.” “Medo e Delírio em Las Vegas”, Hunter S. Thompson

Eduardo Garrafa

O começo de livro que mais gosto é… O amor nos tempos do cólera, de Grabiel García Márquez.

Ferréz

O começo de livro que mais gosto é: “A caminho de Los Angeles” de John Fante.

Georgina Catino

O começo de livro que mais gosto é… Don Quixote, de Miguel de Cervantes.

Henrique Schneider

O começo de livro que mais gosto é… Cem anos de solidão, de Gabriel García Márquez.

Liliane Prata

O começo de livro que mais gosto é “Desonra”, do J. M. Coetzee. O estilo seco impressiona e deixa com vontade de continuar lendo. “Na Praia”, do Ian McEwan, por já ir direto ao ponto na apresentação dos personagens.  “Metamorfose”, do Kafka, porque é um dos começos mais legais da literatura.  E, bem, o de “Comer rezar amar”, porque é delicioso.

Luís Antônio Giron

O começo de livro que mais gosto é… “No princípio, era o Verbo”, de Gênesis.

Mary del Priore

O começo de livro que mais gosto é… “Por que tentar resolver mistérios insolúveis e perseguir fantasmas quando a vida está lá, simples, sob o sol?”, Patrick Modiano, “Fleurs de ruines”.

Mónica Palacios

O começo de livro que mais gosto é… O pássaro azul, de Maurice Maeterlinck.

Rafael Barioni

O começo de livro que mais gosto é: “A Montanha Mágica”, “O Idiota” e “Cem Anos de Solidão”.

Roberto Jenkins de Lemos

O começo de livro que mais gosto é… Chato, o rei do Brasil, de Fernando Morais.




*nome

*e-mail

site ou blog

comente a postagem :: tentativas de contato por comentário serão bloqueadas